Sexta-feira, 26 de Agosto de 2011
O mar

Fui ver o mar e conversar-lhe as encrespações,

um fluir de imagens que sopra o vento,

espumas que se costuram ao sabor das águas

lembrando bandos de golfinhos ...

fui ver o mar e prescrutar-lhe a alma

num desabrir de sentimentos raros:

entre a altivez e a tranquilidade do amor

evoca na voz a dimensão do sentir

nos humores que se faz paisagem

de uma abrangência do ser ...

fui ver o mar

e recordar-lhe a cor, o verão

o sol num sem querer de horizonte

perante a espraiada asa da vertigem do azul ...

fui ver o mar ...



publicado por Filomena às 19:07
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

Povoado de um jardim do m...

Setembro ...

Das vivências da praia .....

Cruzares ...

Poema ...

Olho o céu ...

O mar

Descobrir quem afinal sou...

Ao poeta ...

As palavras ...

arquivos

Setembro 2013

Agosto 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds